A Revista Ecumênica da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo
Ecumenismo, Espiritualidade e Evangelho-Apocalipse

banner-compra-revista

Há 26 anos, Paiva Netto dava início à Revolução Mundial dos Espíritos de Luz

Ao promover a união consciente da Humanidade da Terra com a Humanidade do Céu, Paiva Netto amplia o entendimento sobre a eternidade da existência e como a convivência fraterna entre os Dois Planos pode beneficiar os povos.

 

Paula Ribeiro — atualizado em 03/01/2018

 

 

Ensinava o saudoso Proclamador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, Alziro Zarur (1914-1979): “O segredo do governo dos povos é unir a Humanidade de baixo à Humanidade de Cima”. Dando início à grande missão de unir os Dois Planos da existência, ele anunciou, na imprensa do Rio de Janeiro, em dezembro de 1953, o que chamou de “Revolução Mundial dos Espíritos”.

Paiva Netto, ao tornar-se Presidente-Pregador da Religião Divina, abraçou esse Celeste Empreendimento, começando os trabalhos práticos do CEU (Centro Espiritual Universalista da Religião do Terceiro Milênio*1) a 6 de janeiro de 1992 — data em que se comemorava o 44o aniversário da Ordem Espiritual para criar a Legião da Boa Vontade*2. Na ocasião, ele formou o primeiro grupo de Mediunidade Direta, a partir do qual começaram as manifestações dos Irmãos Espirituais por meio de psicografia, psicofonia e efeitos físicos. Para deixar claro que se tratava de um intercâmbio com o Mundo Espiritual Elevado, com o objetivo de beneficiar os povos com as orientações divinas que vinham trazer à Terra, o Irmão Paiva acrescentou “de Luz” ao título dado pelo Irmão Zarur, iniciando-se efetivamente a Revolução Mundial dos Espíritos de Luz, na Quarta Revelação — a Religião Divina.

Na entrevista concedida por Paiva Netto ao escritor Alcione Giacomitti, publicada no livro Os Pilares da Sabedoria de um Mundo Novo (Editora Elevação), afirma o líder da Religião do Amor Universal sobre o tema:

“(…) Um dos fatos principais da reforma profunda que ainda está por dar-se completamente no nosso orbe é a apresentação da Humanidade do Céu à Humanidade da Terra, como apregoava Alziro Zarur, já em dezembro de 1953 (…):

“‘(…) Aliás, já se sabe hoje que aquele pugilo de agitadores de massas, que desencadeou a Revolução Francesa, está reencarnando no Brasil, para promover outra Revolução, por certo mais nobre e mais humana: a Revolução Mundial dos Espíritos. E não haja dúvidas: eles deixarão a Obra feita no Brasil, que é o Coração do Mundo e a Pátria do Evangelho, porque essa Revolução só estará concluída no fim deste ciclo apocalíptico.’ (…)

“No Apocalipse, 20:13, encontramos esta advertência:

“‘13 E o mar deu os mortos que estavam nele. A morte e o Além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras’.

(…)

“Não significa dizer que assistiremos a uma devolução de cadáveres putrefatos, mas ao ressurgimento de todos aqueles que, na forma espiritual, habitam as regiões invisíveis que nos cercam.

“Imaginemos o fruto moral desse fenômeno, que se dará em abundância, porque a correlação entre mundo físico e Mundo Espiritual sempre existiu. É só lembrar, por exemplo, a narrativa do Antigo Testamento na qual Saul fala com o Espírito Profeta Samuel, por força da mediunidade da vidente de Endor, que lhe anuncia a morte na batalha contra os filisteus (Primeiro Livro de Samuel, capítulo 28 na íntegra). Curioso é que o malfadado rei havia proibido o exercício dos dons espirituais. Ora, o ser humano não pode vetar aquilo sobre o qual não tem autoridade; por consequência, nem domínio (…)”.

 

Uma das premissas da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz é demonstrar que todas as pessoas são portadoras da capacidade mediúnica, logo, o intercâmbio entre as Duas Humanidades é algo natural. Mas é preciso desenvolvê-lo de forma consciente, mantendo a sintonia de pensamentos, palavras e ações com o Mundo Espiritual Elevado, conforme orienta o Irmão Paiva. No segundo volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, ele destaca que os seres humanos “são todos médiuns, mas, se não forem médiuns evangelizados e iluminados pela vivência do Novo Mandamento do Cristo — ‘Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros’ (Evangelho de Jesus, segundo João, 13:34 e 35) —, que é Lei de Amor, nada mais poderão ser do que instrumentos do mal”.

Dr. Bezerra de Menezes, coordenador da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz no Mundo da Verdade.

Dr. Bezerra de Menezes, coordenador da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz no Mundo da Verdade.

Há 26 anos, nessa marcha de Fé Realizante atuam inúmeros Amigos da Espiritualidade Superior, sob a coordenação do Dr. Bezerra de Menezes (Espírito). Esses abnegados Irmãos, que continuam mais vivos do que nunca do Outro Lado da Vida, dedicam-se a auxiliar os seres da Terra a vencerem seus desafios pessoais e coletivos. Sob a prerrogativa de que “não se pode fazer Revolução Mundial dos Espíritos de Luz escondendo os Espíritos de Luz”, Paiva Netto coloca a Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV, internet e publicações) à disposição desses Militantes do Espaço, para que possam trazer suas valiosas contribuições. Dr. Bezerra de Menezes, dr. André Luiz, Emmanuel, Flexa Dourada, Meimei, dr. Osmar Carvalho e Silva, Nair Torres e Yvonne do Amaral Pereira estão entre os numerosos ativistas da Dimensão Espiritual engajados nessa união consciente da Humanidade da Terra com a do Céu.

Um dos veículos de mídia muito utilizado pelos Espíritos Luminosos, Almas Benditas, é a revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!. A publicação (nas versões português e espanhol) possui seções assinadas por Amigos do Mundo da Verdade, nas quais o Irmão Paiva faz questão de publicar as mensagens fraternas deles, para que o maior número de pessoas receba esses ensinamentos celestiais e aprendam a conduzir suas vidas no caminho do Bem. São as seções: Voltamos! — A Revolução Mundial dos Espíritos de Luz, do Dr. Bezerra de Menezes, e Salve, Jesus!, do Irmão Flexa Dourada.

 

ADQUIRA A REVISTA JESUS ESTÁ CHEGANDO!

Peça agora mesmo seus exemplares e acompanhe esses importantes recados da Pátria Espiritual. Ligue: 0300 10 07 940 (custo de ligação local mais impostos).

 

 

*1 Centro Espiritual Universalista da Religião do Terceiro Milênio (CEU) — Para saber mais, consulte os três volumes das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, do escritor Paiva Netto. Em especial, o segundo volume, onde constam as Cinco Lições Práticas de CEU, de autoria de Alziro Zarur.

*2 Ordem Espiritual para criar a Legião da Boa Vontade — Em 6 de janeiro de 1948, Dia dos Reis Magos, data de alto significado místico-religioso, ao participar de uma reunião na Federação Espírita Brasileira (FEB), na capital fluminense, a convite dos amigos Werneck Genofre e Agostinho Pereira de Souza, Alziro Zarur recebeu a ordem espiritual de criar a LBV, por meio da respeitável e saudosa médium dona Emília Ribeiro de Mello. Essa senhora de cabelos brancos olhou insistente e piedosamente para o visitante e, ao término da reunião, aproximou-se dele e disse-lhe, com emoção: “Meu Irmão, São Francisco de Assis esteve todo o tempo aí ao seu lado e manda dizer-lhe que é hora de começar”.